quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Foto do dia D.


No dia em que resolvi parar de beber, tomei meu último copo de cerveja, após escrever o post, tirei uma foto da minha postagem e da folha de caderno escrita e colada na parede.

Para verificar o escrito da folha clique na imagem.

Agradeço a todas que aqui deixaram seus comentários no último post, me ajudou muito a continuar.

18 comentários:

  1. Tomara que esse copo seja um dos últimos mesmo.
    Gostei da foto, parece até montagem pela posição da mão, do copo, os olhos do post anterior, muito bem planejado! beijo e força.

    ResponderExcluir
  2. Vc já está dando o primeiro passo , muito bem!
    Espero que tudo saia como vc planejou.
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Não bebe mesmo não. Faz mal e tem calorias demais.... E os carboidratos tambem são umas porcarias. Voce me deixou preocupada no post anterior... Voce ja ta melhor?

    FORÇA einh?


    Bjinho ;***

    ResponderExcluir
  4. isso ae! o/
    quando falei que nunca mais ia beber cerveja nunca mais bebi! foi esse ano.. no carnaval.
    e ate hoje não voltei a beber. e nem planejo.
    emagreci tanto =o

    tu vai ver! =)
    vai te fazer um bem. e não so fisicamente.
    mentalmente tb.
    boa quarta linda
    =*

    ResponderExcluir
  5. Ah querida!
    Força!!!
    Quando você chegar a sua meta, verá que tudo valeu a pena!!!

    A foto ficou muito linda mesmo!!!

    cheirinho

    ResponderExcluir
  6. Força sempre!! Que Deus lhe dê força e serenidade para continuar seu caminho, um dia de cada vez. Abraços.

    ResponderExcluir
  7. Força pra vc viu amore!!!
    vc tem uma letra mtoo linda!!!(olha no que a louca aqui repara!!!)
    bjoos bjoos

    ResponderExcluir
  8. Olha gostei de ver, querida!!!
    Muita boa sorte!!!
    continue assim!!!
    bjOus

    ResponderExcluir
  9. Continue assim, firme, não desista que você consegue!

    ResponderExcluir
  10. HIUAHIUAHIUA :D só tu mesmo hauisdh

    *PS: também achei tua letra linda :D

    Vamos lá, lutando sempre *-*

    ResponderExcluir
  11. Tomara que de certo,mais é um vicio flor como a comida, estou melhor viu? se cuida linda,força ai

    ResponderExcluir
  12. noiteeverao.blogspot.com

    Que assim seja! já é um principio. é normal que possa ter quedas, mas não sei deixe afugar e lembre-sse deste acordo que fez com a folha do não beber :) Que acha o seu marido dessa folha?
    que mão fina *.*
    aqueles olhos são seus?

    ResponderExcluir
  13. éé.. eu bebo socialmente,
    mas to evitando o máááximo tbm!
    não traz nenhum beneficio!

    ResponderExcluir
  14. Como está minha linda?
    Boa quinta pr vc!
    Beijos

    ResponderExcluir
  15. Obrigada pelo comentário lá no Blog. Sabe, é isso que que me dá forças de continuar escrevendo aqui. Eu já cheguei a me culpar tantas vezes pelas minhas crises. Sei que não devo justificar meus erros com o meu transtorno. Mas devo ser julgada e rotulada por ele? Mesmo depois de reconhecer meu erro e pedir perdão? Acho que não, acho que ninguém merece. Mas é como você disse, essas pessoas não merecem nem um segundo de nosso sofrimento. Beijos e obrigada! E você, está melhor? Espero que sim. Fica com Deus!

    ResponderExcluir
  16. owwwn que linda. =)
    tb te adoro!
    adoro seus posts.
    adoro seus comentarios.^^
    me identifico...
    pq sera. =x

    rs'

    aahh quero que tu fica bem.
    vou acompanhar sempre. ainda vou ver tu dando a voltar por cima. tenho certeza. extinto'
    sei la. >.<
    rs'
    boa sexta pra ti. se cuida
    bj

    ResponderExcluir
  17. Oi Ana, sobre a pergunta lá no Blog, acho que só diminui a frequencia com que cutuco no meu pé porque compenso com outras compulsões, e como passo a maior parte do tempo do escritório, com sapato fechado e gente envolta, é mais difícil. Em casa, quando o outro pé coça é que começo a mexer, mas não tanto tempo quanto antes, mas sinceramente não sei porque. Se fosse só vontade de para eu teria parado de morder a boca e fazer outras coisas que não cosigo parar, então acho que só compensei mesmo. Eu sempre olho pro meu pé e penso: que vergonha, tenho que parar com isso, vou parar hoje, aí chega dia seguinte e começo de novo. É difícil, mas acho que essas compulsões não são o real problema, são sintomas de que há algo errado dentro de nós. Então, acho que quando as coisas forem se organizando, se arrumando, se curando, talvez eu consiga me livrar dessas manias. Não é fácil né? É uma luta a cada dia. Muito obrigada pela força. Beijos e fica com Deus.

    ResponderExcluir

Grata pelo comentário. Em breve será liberado para a visualização.