domingo, 4 de setembro de 2011

Medos de infância, filmes e possíveis descobertas.


Vocês lembram dos medos de suas infâncias? Eu lembro de muitos....
Eu tinha medo de Jesus Cristo, porque quando olhava ele todo sangrando no crucifixo tinha pesadelos.
Tinha medo de "Deus", do Deus cristão, porque eu achava que ele sabia até o que eu pensava, e que infalivelmente me mandaria para o inferno. Mas, o maior medo de todos que tive, e acredito que foi responsável em parte pela insônia que tenho hoje é o Freddy Kruguer. Isto mesmo pessoas, podem rir a vontade, até eu dou gargalhadas ao lembrar de como eu agia no escuro da minha casa quando eu morava em Curitiba.

Fazia assim:
"Eu tinha um rádio toca fitas com AM/FM que ganhei de natal dos meus pais, ele tinha uma luz que iluminava pouca parte do quarto, ficava eu ali, escutando a programação até o fim para não dormir, pois na história do Freddy Kruguer, como todos sabem, ele entrava no sonho das pessoas e as matava. Então eu não podia dormir na minha cabeça de criança entendem? Por isto estrategicamente aos 7 anos pedi um rádio, assim eu me distraia e não pegava no sono.
Porem, depois de algumas horas acordada, eu sentia vontade de ir no banheiro, e neste momento é que começava o tormento, eu tinha medo de que o ato de eu levantar e realizar a ação desejada já fosse um sonho, e que ele iria me pegar se não na sala, no corredor, ou pior ainda no banheiro, que era meu objetivo.
Então eu levantava forçando a visão no escuro com aquele fiasco de luz do rádio, ficava em pé em cima da minha cama que era encostada na parede, colava com as costas na parede e ia andando que nem uma louca, me arrastando até chegar ao interruptor de luz e então acendia com a pontinha dos dedos. Nesta hora meu coração acelerava, pois era o momento de enxergar tudo aquilo que o escuro escondia, então eu vigiava todo o cômodo, via minha irmã dormindo na cama dela, soltava uma respiração de "Ufa, o Freddy não está aqui" e continuava nesta saga de ficar colada que nem lagartixa na parede até achar o interruptor da sala, depois o da cozinha e então vinha um corredor, que dava direto para o banheiro.
Aquele corredor era pavoroso, pois ele poderia vir de qualquer lado daquelas paredes estreitas, pensava eu. Neste corredor não tinha lampada, assim eu fechava olhos, abria os braços como cristo e tocava as duas paredes cada uma com uma mão, quando eu encontrava a porta do banheiro só pensava "Fodeu! Isto não está acontecendo é um sonho, o Freddy vai me pegar", então eu abria a porta e me jogava no interruptor, fechava a porta com força para minha mãe escutar, acordar e me proteger, mas nem sempre ela escutava, sentava na latrina com o pescoço todo duro, tensa, o box era azul, e ele poderia estar dentro do banheiro comigo....
Meu coração acelerava, eu já começava a fazer bico de quem queria chorar, não conseguia fazer xixi de tanto medo, levantava e fazia o processo de retorno para o quarto, só que apagando todas as luzes que eu deixava acesa.
Quando chegava na minha cama, continuava a escutar rádio, ou pegava uma lanterna pequena e ficava a ler até o momento em que eu escutava meu pai levantar e ir para a cozinha as seis da manhã. Então eu desligava o rádio para que eles não descobrissem que eu fiquei a noite inteira acordada e dormia, afinal se eu tivesse um sonho ruim com o Kruguer, alguém da minha família iria me acordar do pesadelo e ele não iria conseguir me matar.


Passei várias noites da minha infância nesta pira, e quando me dei conta que o Freddy Kruguer não existia, já não dormia mais a noite....

Não sei porque raios minha mãe foi deixar eu assistir aquele filme, lembro até hoje que eu implorei, e ela falou, está bem, mas na hora da parte feia tu têm que colocar a mão nos olhos, mas como toda criança curiosa e com o impulso de não seguir as regras, eu abria uma frestinha entre os dedos e via todo aquele sangue e aquela cena, eu sentia um frio no estômago que gostava, mas não podia gritar, porque minha mãe não podia saber que eu estava vendo aquilo.

Uma vez contando esta história para a minha amiga e seu marido, ele falou : Porque tu não assiste de volta? Quem sabe tua insônia passe....

E foi o que eu fiz ontem, assisti o filme, e por mais "bobo" que fosse eu pulava sempre quando o Freddy aparecia de supetão atras da vítima.
Eu não sei qual foi a profundidade que este personagem de filme cravou no meu inconsciente e à o que se relaciona. Porque quando fui dormir sabia que ele não existia, pois dei muitas gargalhadas no filme inclusive, mas no meu sonho ele estava lá em muitas pessoas, é sério.
Apareceram no meu sonho desagradável três pessoas que passaram na minha vida, e cada uma delas usava uma coisa do Freddy Kruguer, uma destas pessoas estava com a blusa vermelha e verde, outro com a luva de tesouras, e a outra pessoa com o chapéu. Não foi um sonho de susto, mas acordei com uma sensação desconfortável. Só quero deixar esta sensação passar e vou tentar analisar o que estas pessoas do sonho têm em comum, como foi a passagem delas na minha vida, e quem sabe depois de assistir os outros filmes eu consiga lembrar do que vejo quando durmo, pois acho que é um caminho para que eu encontre a resposta da insônia, só espero não lembrar de algo que meu cérebro esconda para meu próprio bem.

21 comentários:

  1. Acho q já assisti esse filme!
    Aliás se vc olhar no meu perfil está escrito terror.Quando eu era criança minha mãe não deixava assistir filme de terror nem novela.
    Mas hoje eu assisto.A orfã é um terror bem leve foi o ultimo q assisti e gostei.

    Mas sua mãe errou em deixar vc ver o filme.Não é para crianças.Agora eu sei pq existe uma lei q coloca uma classificação indicativa de idade antes dos programas de tv!

    O personagem representa o medo pra vc.E essas pessoas ,vc as ligou ao medo,frieza,a morte,por quê?Não sei.Esquece esse filme querida,ele nunca te fez bem!

    Ah noivinha fiquei passada com o q tu me dissestes das 8 horas de recreação como tratamento!Eles pensam o q da vida?As pessoas têm coisas pra fazer,trabalhar ,estudar,cuidar da sua casa, família!

    Beijo ^^

    ResponderExcluir
  2. Amiga... eu também sempre tive medo desses filmes, e eles sempre me impressionaram muito, durante muito tempo! Mas nunca cheguei a guardar sequelas por muito tempo, eu acho... só sei que até hoje eu tenho medo de filmes de terror!
    Boa sorte na sua busca mental!

    E que você consiga dormir como um anjo depois!

    cheirinho

    ResponderExcluir
  3. Eu tinha medo do boneco assassino, muito medo. o.o''
    Entendo você!

    ResponderExcluir
  4. Ual, amiga, a noite toda acordada, tadinha!
    Quando eu era criança também tinha medo de Jesus Cristo, ainda mais que lá em casa tinha um quadro enorme dele, daqueles que de qualquer angulo que vc olhe parece que ele está te olhando e eu ficava encabulada com aquilo e também achava que ele sabia tudo que pensava e que ele podia me ver pelada e eu tiha vergonha... podê???
    depois disso eu tinha medo dos zumbis que comiam cerebro e do bicho papão, que pra mim, morava no sótão de casa oO, mas não me lembro de passar a noite sem dormir, quando eu ficava com medo ia dormir com minha mãe, ou com minha vó, quando morei com ela.
    Mas do que eu realmente eu tinha medo era de ladrões de verdade e tenho até hoje, porque onde morava era uma chacara, e já assaltaram lá várias vezes, morria de medo deles entrarem enquanto estivesse lá, sem contar em assombrações...
    Ai, mas espero que vc consiga superar todos seu medos de infância e que tenha noites tranquilas de sono!

    ResponderExcluir
  5. vc deveria seguir pra frente,esquecer isso,ja passou =)

    ResponderExcluir
  6. Quando era criança os únicos filmes que me interessavam eram os de terror, mas o exorcismo de Emile Rose foi o único filme que mexeu realmente comigo e eu nem era mais criança!
    Mas te entendo perfeitamente quando diz que tem medo de lembrar algo que sua mente esconde para não te machucar , tbm passo por esse drama , fico sempre com a sensação de que aconteceram coisas em minha infância que minha mente esconde para me poupar. As vezes quero saber o que aconteceu e forço a minha mente a lembrar-se , outras penso que´talvez seja melhor nem saber.
    Beijos e ótima semana!

    ResponderExcluir
  7. nossa, nem me fala... eu quando era criança fiz coco na calça no pátio do colégio pq pra chegar no banheiro tinha que passar por um corredor cheio de imagens da cuca, saçi, mula-sem-cabeça e afins, e eu MORRIA DE MEDO. Ainda tomei bronca da minha mãe quando chegou pra me buscar... Como vc, eu não queria fechar os olhos, porque achava que eles iam se materializar no escuro do meu quarto quando eu parasse de olhar!
    Mas acho uma boa tentar analisar esse sonho mesmo... beijos, querida. saudades.

    ResponderExcluir
  8. Aff...
    Pior hein. Eu lendo seu post, me vi em vários momentos, flor.Realmente alguns medos da infância se tornam bobos e até comicos depois, mas na época, pensa....
    o bom é olhar pra trás e ver que sentiamos e nos divertir com isso.
    bjOus

    ResponderExcluir
  9. Achei meu monstro repensando agora, e o nome dele é compulsão! Vou lutar com todas as minhas forças pra derrota-lo!

    ResponderExcluir
  10. poxaaa.
    eu nunca tive medo do freddy. o.O
    eu sempre ri dos filmes dele.
    eu amava os filmes do jason! huahsuhas'
    *a macabra* é serio. eu me axava meio psicopata, se eh que não sou ainda. =o

    masss tem algumas coisas da infancia que eu tenho medo que eu só não tenho certeza é se elas são reais! não voltei na medica ainda pra conversar sobre isso. enfim,... medo! isso ataca o rin, n é atoa que tive uma pedra há pouco tempo rs' cuidado em!! hehe'
    boa semana. =*

    s2

    ResponderExcluir
  11. Nossa, também tenho medo exatamente assim, mas aquela personagem do filme "O Grito", aquela japonesa de cara branca com cabelo e olhos pretos, meu, à noite eu não consigo dormir, sempre parece que vou escutar aquele barulhinho que ela faz quando chega pra te matar, é horrível, penso em ir
    à algum psicólogo algum dia para tratar isso, você também deveria fazer isso, boa sorte aí à noite suiahushauis beeijos :*

    ResponderExcluir
  12. Sobre sua pergunta no meu post a resposta é SIM! E eu ficaria muito honrada. Fique à vontade em publicar nossos diálogos. Sobre seu post, sabe, me identifiquei um pouco. Nunca vi um filme do Freddy, mas gosto de terror do tipo Exorcista, mais sobrenatural, sabe? Pois é, gosto mas morro de medo, até hoje. Se eu vir um filme, depois se ficar sozinha em casa ou na hora de dormir, fico morrendo de medo, com idéias fixas. por mais que eu goste, tento evitar ao máximo ver esses filmes, porque sei que vou sei que vou me c#gar toda depois. Acho que a maioria de nós tem um pouco desses traumas...Beijos e fica bem!!!

    ResponderExcluir
  13. Oiê =)

    NOSSA! Lendo eu fiquei com um pouquinho de medo!
    Tipo, desde pequena tenho medo de escuro, na verdade pânico! Meu coração acelera e a minha reação é gritar.
    Quando eu era pequena tinha medo do chuck, o brinquedo assassino, mas ele nunca foi o pior dos meus medos. Eu sempre tive medo do que a "escuridão" podia fazer comigo. Até hoje ainda entro em pânico quando falta luz nos corredores do meu prédio, devido a uma vez 2 caras terem me seguido e entrado na minha casa quando eu tinha 10 anos. Ainda acho que tem alguém me seguindo, ou alguma coisa. Sempre saio meio que correndo do banheiro a noite. Agora me acostumei, mas sempre me vem na cabeça algo, algo que eu não sei o que é, mas eu me finjo de durona e faço tipo de que não é comigo.

    Esse é meu medo, de escuro, que nem criança. rsrs

    ResponderExcluir
  14. Oiieee..
    brigadinha pelo post!

    nossa amooo seu blog! inspirador sei la!
    amo amo amo!

    forca viuu!

    bjos

    ResponderExcluir
  15. flor eu me indentifiquei bastante com o post.
    quando eu era pequena tinha medo de "almas" pois eu assistia filmes de terror escondido, me lembro que as vezes eu nem dormia, ficava a noite inteira acordada com a luz acesa e eu tinha a mania de acender a luz de todos os comodos e olhar tudo, depois voltava apagando e ia pro meu quarto, quando passava no corredor ate tremia de medo.. ficava a noite inteira esperando meus pais acordarem.. só assim eu podia ter um pouco de paz.. uma vez eu me lembro que ouvi um barulho lá de fora da casa e corri pro quarto da minha mae, quase fiz xixi de medo kkkkk'
    tenha um otimo feriado flor!
    beeijos (:

    ResponderExcluir
  16. Consulta no mesmo dia? Coincidência? Tomara que seja um bom sinal para nós. Estamos nessa luta juntas, não estamos? Força para nós!!! Beijos!!

    ResponderExcluir
  17. Nossa esse post me fez lembrar do filme " O Exorcista"! Quando eu o assisti, morava em uma casa que tinha escadas e na boa, fiquei sem descer as escadas sozinha por um bom tempo! Hahaha.
    Noivinha estou sentindo sua falta!

    ResponderExcluir
  18. Que bom que gostou do mimo! Como você está? Espero que esteja bem! Beijos e fica com Deus!

    ResponderExcluir
  19. oi
    estava mesmo com saudades =)

    eu não só em criança mas ainda hoje tenho pesadelos mas normalmente é com as pessoas que conheço e não com filmes. odeio ter pesadelos passo o dia todo mal.

    beijos

    ResponderExcluir
  20. Oi amore, obrigada pela força...Ah, eu tbm tinha muito medo do Fred!!!bjinhus

    ResponderExcluir
  21. todos nós temos medos um dia vi o filme dele e não consegui dormir porque ficava pensando que se durmisse morreria flor a gente vence os medos isso que acontece,beijo

    ResponderExcluir

Grata pelo comentário. Em breve será liberado para a visualização.