terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

Direto da Lâmpada Mágica




Eu invento mil histórias para não sair da lâmpada mágica, hoje por exemplo somente vou ao trabalho porque não posso me dar ao luxo de virar uma concha ou um gato.

Editando -

Emagreci dois kilos. Voltei para a casa dos 50. Estou com 59, agora sói faltam 4 kilos a menos para atingir minha primeira meta.

8 comentários:

  1. Eu entendo como se sente, mas uma hora terá que sair e acabr com isso de uma vez por todas, ou quer viver assim pra sempre?

    Se cuida linda.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Oi Noivinha!

    Lembrei de mim mesma.

    Eu vivo na lâmpada mágica.Tenho fobia social,tem quase 3 meses q não vejo a cara da rua.Trabalho em casa,e ando relutando para voltar a estudar.

    A grande magia dessa lâmpada é o medo de enfrentar a vida fora dela.

    Também queria ser uma gata,ninguém se importaria de eu ser gorda.E eu nem saberia contar calorias da ração e leite,ou saberia?Melhor eu me contentar com o meu estado carnal atual,hahahahaha!

    1 beijo ;)

    ResponderExcluir
  3. Olá, desculpe a resposta tardia ao seu comentário no meu post anterior.
    Sinto muito pelo Manoel Tobias e pelo gatinho envenenado, me sinto devatada ao me deparar com tamanha crueldade. E bem, eu não sei explicar muito bem meu relacionamento com meu pai, ele tem uma má índole, e é basicamente isso, é isso que acarreta todas as outras coisas, é difícil uma palavra ser trocada entre nós se não for uma crítica, ou briga. E eu não sei quanto ao tempo, ele sempre foi do jeito que foi. Ele foi um pai mais ausente quando eu era pequena, é o que dizem, mas eu mesma não lembro de quase nada da minha infância, então é difícil responder. É difícil me comunicar com ele, então a entendo. Aliás, não me comunico muito com a minha mãe também, mas não há (quase) intrigas no nosso relacionamento, ela é quase o oposto do meu pai.

    Pois é nesta exata situação que me encontro. Não tenho ido à escola, e reluto pra ir levar minha irmã na dela, e ter que sair da lâmpada. Mas não quero viver assim por muito tempo, já me sinto presa dentro de mim (e sob expessos lençóis de gordura, nada agradáveis), não quero me confinar num outro lugar.
    Desejo-lhe força para superar isso. Se cuide,

    Küss

    ResponderExcluir
  4. é tão mais seguro e confortavél viver na lampâda mágica, que o pensamento de sair muitas vezes também me assusta.

    ResponderExcluir
  5. parabens minha linda 59 q sonho to com 91

    eu to tao mal q tirei uma licença de 90 dias do trab sei como eh isto amei a img posso pegar pra mim?


    bjao

    ResponderExcluir
  6. Noivinha:
    Estou em débito com você! Faz tempo que não comento pelo simples fato de não saber o que escrever. Tenho dificuldade para escrever no meu próprio blog...
    Tenho me sentido assim também. Quero estar dentro da lâmpada, ou melhor, quero voltar para o ventre da minha mãe e nunca mais sair de lá.
    Precisamos ser fortes!
    Beijo grande!

    ResponderExcluir
  7. Força sempre minha linda, vc é capaz! Um beijo

    ResponderExcluir
  8. Nossa que bom amiga, estou mto feliz por vc, ainda falta mto pra mim atingir a tão sonhada casinha dos 50.
    Beijos.

    ResponderExcluir

Grata pelo comentário. Em breve será liberado para a visualização.