terça-feira, 1 de maio de 2012

Carolina dos olhos tristes


Sim, é como se tivessem tirado partes das minhas carnes, corpo de quem foi atacado por uma matilha de Pit bulls, arrancaram parte da minha bochecha, braço, seios e pernas. Estou tentando costurar as partes que sobraram e permanecer longe daquele que abriu o canil contra mim.
Não tenho vontade de comer ou de sorrir. Não consigo falar com quase ninguém porque quero esconder as lagrimas e a angústia. O sentimento de culpa está sublimado e o de acusadora também.
Só quero costurar quietinha com meu xale dentro de casa observando os gatos pela janela. Não sou a Carolina de Chico para não ver o tempo passar, mas necessito de observação para sair do casulo.

                      


7 comentários:

  1. Entendo, dessa vez te entendo.
    Privatizei o blog, deixa teu emal no magrezapoemesa.blogspot.com.br
    pra eu te convidar.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Que bad...tenha força amiga,essa maré ruim vai passar.
    Beijos e força sempre

    ResponderExcluir
  3. Eu acredito que nada é por acaso, as coisas acontecem por algum motivo. Por isso, pensa que essa maré de tristeza possa servir pra que vc se torne cada vez mais forte e uma guerreira. Não se curve diante das dificuldades da vida, somos capazes de coisas que nem nós mesmos acreditamos. Vc tem uma força incrível ai dentro. Estamos com vc, mesmo longe, estou de coração ;)
    Bejuh e ótimo feriado.

    ResponderExcluir
  4. Flor logo esta tempestade vai passar e o sol vai brilhar!Tudo tem um pq e logo vc vai entender o pq de tudo isso que esta passando!
    Bj minha linda tenha força

    ResponderExcluir
  5. Fica tranquila Dona Frida Kahlo.

    Toda sua angústia e frieza serão dissipadas, igual a dor apresentada nas telas do Caravaggio. Judite decapita Holofernes dói, quando observamos da primeira vez, mas depois a dor passa e só fica o que é belo. Como a correnteza das ninfas de John William Waterhouse, que levam a beleza embora rio abaixo; são essas mesmas correntezas que levarão sua dor embora, deixando um campo florido, verde e bonito para você passar novamente, assim disse também Vitor Ramil.

    Assim como os relógios "molegatos" e escorridos de Salvador Dali, o tempo vai continuar escorrendo e mostrando o quão cruel ele pode ser, mas às vezes, olhando com outros olhos, você vai perceber que ele é o seu melhor aliado para tudo na vida.

    Lembra quando o Trotski foi ao México? E quando o Rivera se aventurou nos EUA?
    Lembra do drama psicológico de Festim Diabólico? E do terror épico de O Iluminado?
    São coisas que aprendi com você Ná.

    Obrigado por tudo que você fez na minha vida.
    Sei que você não tem muito pelo que agradecer.

    Mas eu tenho.
    Cabeça erguida Capitã Nenê.

    As velas estão içadas assim como Pedro Álvares Cabral mandou!
    Terra de Vera Cruz, Terra de Santa Cruz, aqui estamos nós.

    Se cuide.

    :)
    Eu.

    ResponderExcluir
  6. Bom saber que apesar de tudo vc se mantém forte, boa garota. É dificil algo tão importante ser quebrado mas a vida é assim, as vezes o que pensamos ser diamantes não passam de vidros que um dia quebram. Beijão

    ResponderExcluir
  7. Meu amor por você é sublime, feroz e único, uma força magnética escaldante e inevitável.

    Att
    Pedro Flávio da Silveira

    ResponderExcluir

Grata pelo comentário. Em breve será liberado para a visualização.