sábado, 16 de junho de 2012

Foco Pós-traumático


Eu vi os olhos petrificados encarando-me as pupilas. Era desesperadoramente triste como o corpo do cisne branco após o suicídio.
Senti vontade de berrar, e cada célula do meu corpo ganhou em sua membrana plasmática um escudo.
Minha massa já impermeabilizada nada sente.
Meu estômago necessita de solidão.
Eu preciso me concentrar em um foco, então leio ensinos acadêmicos e sorrio falsamente em frente do espelho.


               


5 comentários:

  1. Li seu blog e adorei a forma como escreve. Gostei principalmente da frase: "meu estômago necessita de solidão".
    Parabéns!

    ResponderExcluir
  2. Olá!Bom dia!
    ... ultrapassando o limiar de tolerância de uma pessoa em relação ao que ela está vivenciando, uma intensa reação de estresse na situação que está demorando á se desfazer e o retorno ao estado psicológico habitual "desfocado"...mude o foco, sim!Que lindo vídeo...gostei!
    Obrigado pelo carinho da visita
    Bom final de semana!
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. e cada célula do meu corpo ganhou em sua membrana plasmática um escudo... Como sempre, em tudo que você escreve, não existe a necessidade de se acrescentar mais nada! Mas vc quebra qualquer conceito e acrescenta um vídeo incrivelmente lindo... Que se encaixou perfeitamente com tudo o que vc disse!
    Vc tem os meus aplausos e eu amo esse blog...
    Obrigada pela visitinha no meu blog, eu estou indo bem, na medida do possível =)
    Beijão.

    ResponderExcluir
  4. Oi querida
    Adorei o vídeo!que lindo...
    Amo a forma que vc escreve
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. "Eu preciso me concentrar em um foco, então leio ensinos acadêmicos e sorrio falsamente em frente do espelho."

    Como sempre me identificando com seus postes.

    ResponderExcluir

Grata pelo comentário. Em breve será liberado para a visualização.