sexta-feira, 5 de abril de 2013

Flashback

É sério, eu realmente gostaria de apagar algumas lembranças da minha memória.
Algumas vezes quando relembro o passado é como se eu conseguisse reviver todo o sentimento triste.
Aquela velha dor que ainda destroí embora não transpareça, ainda tece e cresce como uma colcha de retalhos sem fim.
As vezes consigo desvenciliar meu corpo e fico descoberta, outras horas fico acobertada como um filhote que é estrangulado pela mãe que não o deseja.

Não quero ficar sozinha alimentando aquilo que me confunde e me faz duvidar.
Meu coração vacilante ainda doí.
Aquele corte que eu pensei que iria fechar ainda sangra.

Tudo se esvaí pela incredualidade.



4 comentários:

  1. Oi Noivinha!

    Ah que saudade enormeeeeeeeeeeee =D

    Querida estou muito feliz em poder ler de novo um texto seu!

    Vejo a vida pelos teus olhos através das tuas palavras que parecem ganhar contorno próprio no pontilhado invisível da linha do infinito nomeando,desvendando e detalhando tudo aquilo que todos nós podemos sentir, mas ninguém consegue explicar como você Noivinha!

    I love you too!

    Kisses ^^

    ResponderExcluir
  2. Oi minha linda...
    Só agora tive tempo de vir aqui, perdão por ter demorado tanto...
    Senti sua falta.

    Essas lembranças que doem como se fossem novas são as piores, pois quando a gente acha que esta livre elas vem e corroem nosso ser... Se vc aprender uma forma de se livrar delas não esquece de me contar..

    Beijo

    ResponderExcluir
  3. Quem não queria né? Queria voltar ao passado e desfazer algumas coisas ridículas que fiz. Mas é isso aí, temos que levar o lado possitivo dos erros: não fazer a mesma burrada novamente. Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sinceramente não tenho certeza se eu gostaria de apagar algumas coisas, na verdade eu gostaria de aprender a lidar com essas coisas.
      ;)
      Obrigada pelo comentário

      Excluir

Grata pelo comentário. Em breve será liberado para a visualização.