terça-feira, 24 de junho de 2014

O Buraco

Busco controle para não ser pedante na tentativa de convivência a dois, 
mas uma bola de indignação cresce ao meio da caixa torácica.
Não sei o que fazer comigo, não faço ideia de como agir conosco.
Eu estou oca.

Tu consegues ver através de mim?


4 comentários:

  1. Alguém que consiga ver através de ti é essencial quando você não consegue se expressar naturalmente, agir naturalmente. Isso requer gente sensível e muita conexão sei lá, mental.
    Ainda seria melhor se você se expressasse e agisse, porque depender - disso ou qualquer outra dependencia - nunca é a melhor escolha.

    ResponderExcluir
  2. Quando as pessoas vem o que você é por dentro ,elas costumam ou fujir ou usar isso contra você.
    Elas podem ver você, mas entende-la é outra história.
    Meu conselho.Despeje tudo o que conseguir, mesmo que de forma confusa,na internet.
    Não importa pra onde isso vai sair. Desde que ninguém possa usar isso contra você, é melhor por pra fora o que você sente do que guardar uma coisa que te corroê de dentro pra fora.

    ResponderExcluir
  3. Boa noite, tudo bom?
    Se há uma bola de indignação é por que ainda há algo, resquícios...
    Não exite em pôr pra fora o que pensa e o que sente.
    Obrigada pelo carinho lá no blog!
    Volte sempre <3
    Venenos de Pelúcia

    ResponderExcluir
  4. Noivinha, tentar controlar os próprios sentimentos causa uma dor totalmente evitável, isso deixa tua própria natureza indignada.
    Que tal a Noivinha deixar transparecer tudo o que pensa e sente?
    Seria uma tentativa de preencher esse vazio dos sonhos não realizados, o vazio procrastinado pelo silêncio.
    Nem todos possuem a sensibilidade de ler outro ser humano, ler nos olhares, nos atos, nos gestos, nos beijos e nos suspiros de amor.Estes mortais ainda precisam de palavras para compreender, diga-lhes o que é necessário, sem censura.
    Sobre como agir, digo que faça sempre o que o seu coração mandar.

    Beijinhos ^^

    ResponderExcluir

Grata pelo comentário. Em breve será liberado para a visualização.