quinta-feira, 31 de julho de 2014

E assim é

Suas palavras agressivas não me machucam mais, 
mas meu olho direito e nervoso com a veia saltitante ainda insiste em pular; mesmo depois de uma garrafa de vinho e dois baseados.
Por isso ainda acredito em desacreditar que ainda somos o que não é.

Vou me afundar na imensidão irregular das gotas quentes da ducha que não será mais nossa. 
Projeto de um banheiro que não seguiu as expectativas...

A lembrança dolorida carrega possibilidades num resgate infinito, e com dúvidas do exato momento de quando a massa do bolo em minha mão desandou.
Eu só quero ou queria a sensação que não obtenho mais de ti.
Meu olho direito ainda insiste em se sentir atrapalhado pela pressão sanguínea da veia inferior, que ao cerrar não têm casa, nem destino, nem nada.

Acreditem, não se trata de lamento, apenas dúvidas do que será amanhã enquanto meu corpo pulsa ante a inconsequência do acaso.

Na verdade, eu faria sexo até o amanhecer só para esquecer de tudo isso.


Um comentário:

  1. Fazer sexo até amanhecer é uma boa ideia para fazer esquecer coisas, faz dormir o dia inteiro que é uma beleza, tempo suficiente para o inconsciente reflexionar e colocar todas as coisas em seus respectivos lugares!
    O que será amanhã?
    Outro dia para ser vivido intensamente!
    Viva um dia de cada vez, sem muitas expectativas, deixe-se surpreender com os acasos do destino, este costuma nos reservar novas sensações que no momento não podem ser imaginadas, aguarde.

    Beijosssss =)

    ResponderExcluir

Grata pelo comentário. Em breve será liberado para a visualização.