quarta-feira, 20 de agosto de 2014

Agosto - Parte I

          Primeiros dias da semana de Agosto - São Paulo - SP - 2014

           O primeiro capítulo de Vidas Secas de Graciliano Ramos chama-se Mudança, lembro-me bem da tragédia e a dureza que a família em seus passos na seca buscavam um novo rumo em suas vidas. A fome, a sede, as atitudes ignorantes do pai sobre os filhos e a esposa que estavam em uma situação de miséria física e emocional.
            A Mudança em si é visceral, e o autor com sua magnitude sábia de um Deus das palavras soube traduzir como o ser humano age quando obriga-se a desfazer-se de hábitos e iniciar uma nova caminhada para que um ciclo de futuras oportunidades ocorram.
Dificilmente pinta-se quadros sem retoques ou apagões no esboço. Sim; confesso que alguns gênios em algumas telas ou murais o fizeram, mas, cobrar que todas as obras sejam feitas de tal maneira nos leva a beira de pequenos surtos e/ou explosões consecutivas que tornam o objetivo fracasso.
Confesso que fracassei em quase tudo. E foram tantos os fracassos que me faltam palavras para itens à lista.

          Sei que o Amato deixa a minha pele com um cheiro muito estranho, mas eu fico por vezes na dúvida se é meu olfato que mudou...
Para ser sincera acredito que as pessoas têm odor peculiar e as consigo classificar em três tipos: ÁCIDOS, LEITOSOS E CÍTRICOS.
Dessa forma concluo, mudou o Amato o meu olfato.
Ninguém mais cheira doce, somente a base de perfume.
E você que está lendo isso deve estar se perguntando,  O que o Olfato do Amato tem haver com o primeiro capítulo de Vidas Secas de Graciliano?
Bem... Faz parte da mudança...

Uma amiga me questionou via Skype.
- Você realmente se sente outra pessoa não é?
- Sim.

Do Olfato ao Tato.



Um comentário:

  1. Olá, Ana
    ...sempre tentamos fragmentar os problemas e resolvê-los trabalhando suas partes separadas. Essa é a nossa maneira automática de pensar a mudança. Porém, SE quando se faz uma mudança, por menor que seja, em uma parte, olfato,tato, ela gera mudanças no conjunto , então, o importante ,mesmo, é que essa mudança seja sustentável.
    Obrigado pela visita, belos dias...

    ResponderExcluir

Grata pelo comentário. Em breve será liberado para a visualização.