terça-feira, 5 de agosto de 2014

Para um escritor

Li suas palavras amontoadas, mas saiba que antes delas; na primeira semana no mesmo lugar que eu e tu mantemos o mesmo ofício; já havias deduzido que és distinto. Inclusive com colegas de trabalho comentei que traços em tua personificação claramente te mostrava encantador. Muitas me questionaram porque, e eu nunca dei explicação plausível, afinal possuo a mania arrogante de acreditar que as pessoas não entenderam algumas explicações, ou em outros momentos simplesmente tenho tédio de argumentar. Mas a questão é que mesmo antes de saber que tens o dom de descrever, e não apenas de escrever, eu já havia reparado que possuías uma sensibilidade com uma abrangência farta.
A maneira que escreves, ou que é redigido é outro capítulo.

Falamos depois.



5 comentários:

  1. Olá, bom dia, tudo bom?
    Admiras um guri que sabe/gosta de escrever... vc o conhece pessoalmente?
    Beijos mil e volte sempre <3
    | Venenos de Pelúcia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É eu admiro todo mundo que tem a sensibilidade nos seus pequenos gestos. Esse moço que trabalha comigo é um escritor, mas trabalha em um outro setor. Apenas admiro seus gestos de sensibilidade, mas nada que me faça sentir algo mais que um olhar singelo sobre a sua figura.
      Li alguns artigos, ele escreve em uma coluna. No meu post acredito que desejei demonstrar que o acho uma figura mais interesante que a própria escrita. Mas, acho que posso ter sido um pouco rasa, uma vez que li apenas os seus artigos de um site, pouca coisa do seu blog, mas não o livro publicado.

      Excluir
  2. É a primeira vez que passo pelo seu blog ... Este post não percebi, talvez não seja para eu entender haha

    Quanto, aos outros ... vi que há um "alguém" que você ama no meio disto tudo. O que não está a dar certo?

    Em algumas das suas palavras revejo-me.

    Eu também amo muito alguém = /

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Prefiro vomitar as palavras quando tudo está errado, gostaria de não me explicar.
      Me desculpe. :(

      Obrigada por ler o meu blog.

      É uma lástima que te reveja.

      Excluir
  3. Quando eu li automaticamente me lembrei da descrição que Donato dava para Anita, igualmente aconteceu contigo.
    Estás tão envolvida com o ar de mistério do "escritor" que esqueceu-se de deseja-lo.
    Isso que é seduzir em alto nível!

    Quanto ao que me acontece: não tenho respostas exatas!
    O que me assusta não é a minha mudança repentina de personalidade, mas a falta de entendimento do porquê isso ocorreu.
    E a Noivinha, como está?

    Um beijo ;)

    ResponderExcluir

Grata pelo comentário. Em breve será liberado para a visualização.