quinta-feira, 11 de dezembro de 2014

15 Minutos

Já não sei mais o que ocorre. 
Mas, ainda há uma desorganização ligeira, e logo virá uma maratona obrigatória da qual agradeço por existir em partes.
Não consigo entender corretamente o que é apego, porque minha mente está confusa e eu preciso colocar as coisas em ordem de fora para dentro.
Não consigo entender o mecanismo dos fatos porque a minha capacidade se limitou por teimosia ao que desejo crer.
Sinto que estou protegida agora sozinha sentada na frente do computador; pra ser sincera não sinto falta de nada, 
ou até os próximos 15 minutos quem sabe o que vou sentir?
Não sei.
Quero comer, depois quero ficar sem ver comida, quero morrer de trabalhar, morrer de beber, fumar, me extasiar no excesso do nada e do tudo.
Depois não quero nada, tudo me atrapalha e tudo me seduz.
Isso é vida ou são só os 15 minutos que dá na gente?





4 comentários:

  1. Nao sei como te agradecer, por todo o teu carinho, sinto q quero te dar um abraço......
    Confusao.... esses 15 minutos, me tomam varias vezes ao dia, nao sei bem o q é, vontade de comer, fumar, chorar, logo a vontade de fazer jejuns, largar o cigarro, se animar com isso, e depois desses 15 minutos sinto q nada mudou, tudo esta igual, me sinto fraca.
    Volta a vontade de jogar tudo p alto: vou fumar, vou me entupi de porcarias, vou chorar de novo :( e me chamar eu mesma de bobalhona, por nao ser forte. Vontade de largar meu noivo, sair para bailes, me enche de cerveja, sair com desconhecidos, viver a vida sem freios!! Logo me recomponho, e boto os pes no chao. E volta tudo outra vez..
    Obrigada por me acolher :*

    ResponderExcluir
  2. Feliz ou infelizmente, eu te entendo...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É se feliz ou infeliz não sabemos mesmo, afinal há 15 minutos adiante não?

      Excluir
  3. Ah Noivinha...

    O que podem significar esses 15 minutos?

    1-Exercício de consciência: aqueles 15 minutos antes de dormir em que avaliamos como foi o nosso dia, como agimos, como falamos, o que deixamos de fazer e principalmente o que ocorreu bem e devemos pôr em prática no dia seguinte e o que não devemos pôr em prática pq não funcionou bem.
    2-Momentos de insanidade: são os 15 minutos depois de se estressar com as pessoas, com as coisas, conosco e com o mundo, chegando no estopim do colapso interno em que queremos que todos se danem, e para compensar o nosso tempo precioso nos permitimos todos os tipos de prazeres possíveis, sem pensar em nenhuma consequência.
    3- O arrependimento: geralmente são os 15 minutos ao acordar no dia seguinte ao item 2, com uma bela ressaca, sem conseguir lembrar onde estamos, o quê comemos, quantos copos de álcool consumimos e muito menos com quem dormimos!Magoamos pessoas, engordamos, curtimos uma dor de cabeça horrível, partimos mais um coração e de quebra gastamos até o último centavo, como não se arrepender?
    4- Momentos de hippie: os maravilhosos 15 minutos em que nos desprendemos do mundo, aqueles doces momentos de completo desapego material, mental, social, sexual e amoroso, os deliciosos segundos de quietude em que somente pelo instinto de viver em paz consigo mesmo nos deleitamos com o nada, pois o silêncio é o senhor absoluto, esses 15 minutos passam rápido, pq sempre aparece alguém para estragar!
    5-Noventa e seis faces de um dia: se referem as 24 horas do dia que se dividem em 96 tempos de 15 minutos, e que graças a perfeição da mãe natureza temos cerca de 60 mil pensamentos em 1 único dia, para que a cada 15 minutos possamos mudar de humor, de opinião, de atitude e de sentimentos conforme nos for mais conveniente.

    Não te assustes com tantas bagunças seguidas de repentinas organizações Noivinha, a cada 15 minutos surge a renovação do ciclo da vida e o universo conspira ao nosso favor, quanto mais o tempo passa ficamos inevitavelmente mais sábios!


    Beijinhos

    ResponderExcluir

Grata pelo comentário. Em breve será liberado para a visualização.