sexta-feira, 24 de abril de 2015

Honey baby

"Ando tão a flor da pele que teu olhar na janela, flor me faz morrer"

Nunca me amou.
Quase ninguém.
Cobiça não é amar, e quando olho as suas fotos nunca o cobicei, sempre tive certeza que amei.
Me jogou na face que esperava por minhas palavras a tantos anos, enquanto eu esperava tu que estava ao meu lado, e nunca esteve de fato quando eu te amava.
Eu só não queria te perder e me agarrei ao extremo em tudo que podia quando vi que nunca poderia te ter de verdade uma vez que lhe foi apresentada a maçã.
Se delicie com sua vida, porque eu sinceramente não sei o que era mais tortura do que ter algo vazio.
Escape.
Escape... e me deixe sozinha, a viajar.







3 comentários:

  1. Olá, tudo bem?
    Me lembrou uma música de Mallu Magalhães...
    Foi assim que terminei meu antigo relacionamento... por ter algo vazio.
    Vim retribuir seu comentário e suavisita lá no meu blog!
    Fique a vontade pra voltar lá quando puder!
    Beijinhos :*
    Venenos de Pelúcia

    ResponderExcluir
  2. Tua seleção musical nacional é a melhor. :)

    ResponderExcluir

Grata pelo comentário. Em breve será liberado para a visualização.